Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Dia Universal do Palhaço’

#DiaUniversaldoPalhaço

Há relatos de figuras semelhantes ao palhaço contemporâneo desde 2500 a.C, no Egito antigo. São encontradas varias outras referencias; Grecia, Roma, China e até em civilizações americanas como os astecas. Podemos achar referencias à arte de fazer rir a quatro mil anos atras. Inúmeras vezes esse personagem adquiriam importantes papeis sociais, muitas vezes estando ao lado do rei ou imperador.

Começou a ser festejado em 1981 no Brasil pela Abracadabra Eventos2 em São Paulo, passando, ao decorrer dos anos, a ser comemorado em outras capitais brasileiras.

Do Brasil:
carequinha2Palhaço Carequinha
Aos noventa anos, o artista morreu em sua casa em São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro. Durante a madrugada, ele queixou-se de falta de ar e dores no peito, e morreu antes de receber atendimento médico. Foi enterrado no dia seguinte, no cemitério de São Miguel, na mesma cidade. Seu terno colorido, com o qual sempre se apresentava em seus espetáculos, foi também posto no caixão e assim enterrado juntamente com o corpo do artista. O local tem grande valor simbólico, neste cemitério estão a maior parte das 400 vítimas de um incidente de um circo ocorrido em 1961, na cidade de Niterói – o incêndio no Gran Circus Norte Americano.
Durante anos, o artista expressou publicamente (em entrevistas para jornais e para a televisão) sua intenção de ser enterrado com a cara pintada – segundo ele, para “alegrar os mortos”. Seu desejo não foi atendido pela família, que exigiu que ele fosse enterrado com a cara limpa. No entanto, permitiram que ele fosse sepultado vestindo uma roupa de palhaço.

torresmoPalhaço Torresmo

Brasil José Carlos Queirolo era o nome do palhaço Torresmo. Nasceu em Espírito Santo do Pinhal, cidade do Paraná. Filho de pai uruguaio e mãe argentina, sua vida inteira foi dedicada ao circo, pois ele nasceu na família do palhaço Chicharrão, seu pai, que se chamava João Carlos Queirolo, considerado um mestre do circo. Ele nasceu no dia 04 de abril de 1918. A mãe Graciana era atriz. Aos três anos Brasil José tomou parte em uma apresentação com o nome de Chicharrãozinho. Na adolescência estudou no Colégio Caetano de Campos e depois no Ginásio Ipiranga. Com os pais excursionou por todo Brasil e alguns países estrangeiros.
Foi cantor de tangos e melodias mexicanas, compositor e poeta. Aprendeu a tocar saxofone, marimba, violino. Era um artista completo. No circo foi equilibrista, trapezista, malabarista, aramista e domador de animais. Mas foi sobretudo palhaço. Foi locutor de rádio, mas ficou sabendo que a televisão ia ser inaugurada no Brasil. E apareceu na TV Tupi. Estava lá no dia 18 de setembro de 1950, ao lado de Fuzarca, com quem fez dupla. A dupla aparecia nos programas infantis, com muito sucesso. Quando Fuzarca faleceu Torresmo passou a trabalhar com seu filho, já mocinho, e que adotou o nome de Pururuca (além dele, Torresmo teve uma filha, Gladismary – ambos do casamento com Otilia Queirolo). Torresmo também passou por outras emissoras de TV: Record, Cultura, Excelsior, Bandeirantes e Gazeta.
O palhaço faleceu em 19 de agosto de 1996. Ele estava com 78 anos de

arrelia-pimentinhaPalhaço Pimentinha

O nome do palhaço Pimentinha é Walter Seyssel. De família de circo, entrou no picadeiro pela primeira vez, quando tinha 2 anos. Era chamado de “Espirro”. Entrava, fazia palhaçadas, brincava e quando saía, ia sempre para o colo de alguma colega de circo, que não estivesse atuando ou ensaiando. E o garotinho dormia. A seguir, era entregue a sua mãe Leontina, que na época desafiava o trapézio. E assim criou-se o menino, numa típica família circense. Pimentinha era sobrinho de Waldemar Seyssel, o Arrelia. E com ele trabalhou muitos anos. Foi com seu tio que entrou para a TV Paulista, canal 5 de São Paulo, em 1953. E depois foi para a TV Record, onde ficou sempre ao lado de Arrelia, por muitos anos. Pimentinha casou-se com a cantora e aramista Amélia Seyssel. Tiveram filhos e até o ano de 1976 desenvolveu na TV Record inúmeras atividades como ator, inclusive foi ator dramático. Depois atuou em programas infantis da TV Cultura e da TV Gazeta. Em 1980, mudou-se para Itu, interior paulista, onde veio a falecer em 1993, aos 68 anos de idade.

bozo-originalPalhaço Bozo

Bozo foi criado em 1946 por Alan W. Livingston, que produziu um álbum de discos de histórias infantis e livros ilustrativos. O dublador original do Pateta, Pinto Colvig, foi quem fez a voz do personagem nas gravações.
Em 1949, Bozo começa sua carreira na televisão. Larry Harmon, que foi um dos primeiros a interpretar o palhaço na TV, comprou os direitos do personagem, e o transformou em uma franquia, dando a ele uma personalidade engraçada, e, junto com estilistas de Hollywood, inventa um cabelo espetado para Bozo.
Nesta época Bozo fez muito sucesso na televisão americana. Larry Harmon chegou a treinar mais de 200 atores para interpretá-lo, em diferentes canais locais que exibiam Bozo nos EUA. Outro ator que interpretou o personagem nos Estados Unidos foi Bob Bell, que foi o Bozo por 25 anos. Quando o palhaço era interpretado por Willard Scott, o seu programa fazia merchandising para a lanchonete McDonald´s, que, mais tarde, criou seu próprio personagem Ronald McDonald, e Willard Scott (que era o Bozo) passou a interpretá-lo.
40 países, entre eles, o Brasil, onde se tornou muito popular, sendo exibido pela TV Record (de 1980 a 1981) e pelo SBT (de 1981 a 1991). O comediante Wandeko Pipoca foi escolhido por Larry Harmon, o dono da franquia, para ser o primeiro Bozo brasileiro.
O programa Bozo terminou em 1991. Os motivos foram a doença de Décio Roberto (o último ator a encarnar o personagem no Brasil) que o levaria à morte em 2 de Novembro e a inesperada dificuldade para renovar os direitos da licença do programa Bozo junto à empresa de Larry Harmon, que cuidava do licenciamento do personagem pelo mundo. A partir de Março de 1991, a Sessão Desenho, apresentada pela Vovó Mafalda, passou a ocupar o espaço na grade de programação deixado pelo programa.
No dia 14 de Março de 2009, faleceu Alan Livingston, criador do palhaço, aos 91 anos. Em julho de 2008, Larry Harmon havia falecido, aos 83 anos.

Fonte:

http://palhaosfamosos.blogspot.com.br/

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: