Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \24\UTC 2013

 

 

P1220060

 

 

 

 

Car@s amig@s,

Compartilho registros de nosso I Seminário do Comitê Organizador Local do FST2014.
PAUTA:
1.    Informes do FSM2013 na Tunisia
2.    Proposta de Programa do II FSTemático2014;
3.    Estruturação do Comitê de Organização Local
4.    Calendário de Reuniões e Atividades

https://plus.google.com/photos/106772903251908297656/albums/5870476037336676321

Próxima Reunião – Dia 06 de Maio 2013 – Local memorial do RS – hora- 18h
Tod@s estão convidad@s a se juntarem a nós nesta construção coletiva.

Tuxáua  2010 Marly Cuesta,  presente nesta construção coletiva.

Grata,

COL do II FÓRUM SOCIAL TEMÁTICO 2014-Porto Alegre e Região Metropolitana

Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental

Anúncios

Read Full Post »

topo

Ana Carla Fonseca é Administradora Pública pela FGV; Economista, Mestre em Administração e
Doutora em Urbanismo pela USP; com MBA pela Fundação Dom Cabral. Gerenciou e liderou projetos de marketing e inovação de multinacionais por 15 anos, com base na América Latina, em Londres e Milão.
É sócia-diretora da Garimpo de Soluções, empresa pioneira em economia da cultura, economia criativa, cidades criativas e desenvolvimento. É conferencista em cinco línguas, tendo palestrado em 24 países. Assessora para a ONU e curadora de congressos internacionais, é consultora para empresas, órgãos públicos e instituições. É também autora de livros pioneiros, como Marketing Cultural e Financiamento da Cultura (Cengage, 2002), Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável (Manole, 2006 – Prêmio Jabuti 2007) e Cidades Criativas – da Teoria à prática (Ed. SESI, 2012), além de ter organizado Cultura e Transformação Urbana (Ed. SESC SP, 2012).
Concebeu, e/ou editou as antologias digitais globais Economia Criativa como Estratégia de Desenvolvimento (2008, trilingue), Creative City Perspectives (2009, editado em português em 2011) e Cidades Criativas, Soluções Inventivas – o papel da Copa, das Olimpíadas e dos museus internacionais (2010). Foi consultora para a América Latina do Creative Economy Report 2008 (atualmente desenvolvendo a edição 2013).
Carla é co-criadora de Criaticidades, uma plataforma de soluções para cidades criativas.
É professora convidada da Fundação Getulio Vargas, da Universidade Candido Mendes, da Universidad Nacional de Córdoba (Argentina), da Universidad Rey Juan Carlos (Espanha), colunista da Revista Canal RH e membro da Associação Internacional de Economia da Cultura, do Laboratório Iberoamericano para Pesquisa e Inovação em Cultura e Desenvolvimento, do Corpo Mundial de Peritos em Políticas Públicas da UNESCO, da rede de Repensadores, do Conselho Editorial da Revista Página 22, dos Conselhos Consultivos da Virada Sustentável, da New Ventures Brasil e da Creative Industries Development Agency (Inglaterra).
No video abaixo (link), Ana Carla fala sobre Economia Criativa, assunto que irá desenvolver no dia 09 de maio de 2013 dentro da programação gratuita do projeto “Economia Criativa, Empreendedorismo e O Poder da Cultura”.
As inscrições para o Curso “Economia Criativa e Empreendedorismo”, ministrado por Ana Carla Fonseca e Leandro Valiati, podem ser feitas até dia 30/04/2013. As vagas são limitadas!
Veja também outros vídeos de palestras e entrevistas com Ana Carla Fonseca em:

Fonte:

http://economiacriativapoa.blogspot.com.br/2013/04/economia-criativa-por-ana-carla-fonseca.html

Read Full Post »

MD_20130415151051entrega_carteira_em_16_de_nov_siteNovos artesãos do município Dezesseis de Novembro, cadastrados no Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), desenvolvido pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), receberam suas Carteiras de Artesão. A entrega foi feita pelo coordenador da Agência de Desenvolvimento Social (ADS) de Santo Ângelo, Rafael Rufino, durante a semana da cidade.

Segundo Rufino, agora os 12 artesãos são profissionais autônomos e terão a possibilidade de comercializar seus produtos em outros municípios, além de obter os outros benefícios garantidos pelo PGA. O ato contou com as presenças do deputado Federal, Elvino Bohn Gass, do prefeito, Ademir Gonzatto, além de vereadores e secretários municipais.

 

 

http://www.fgtas.rs.gov.br/conteudo.php?cod_conteudo=3524

Read Full Post »

max136595662220130413130504copa130413gg130413_1Desde de segunda-feira no Estado, a equipe australiana registra detalhes da cultura gaúcha

Fotógrafo: Gustavo Gargioni/Palácio Piratini

A cultura, gastronomia e as paisagens do Rio Grande do Sul são temas de um documentário da emissora de TV australiana SBS sobre o país da próxima Copa do Mundo. O RS, como um dos doze Estados que sediarão o megaevento, será um dos episódios da série do maior canal de TV do principal país da Oceania. 

“Percebemos que essa procura (de outros países) tem aumentado com a chegada da Copa, e este interesse é muito bom pra nós pela visibilidade internacional que dá ao RS”, afirmou a coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) da Copa da Secretaria de Turismo, Bianca Toniolo”. Contatado pela Embratur, o Governo do Estado auxilia a imprensa internacional, como no caso australiano, com apoio logístico, por meio da sugestão de roteiros turísticos e culturais, além de indicação de personalidades 
do Estado para entrevistas. 

Desde segunda-feira no Estado, a equipe australiana registrou a cultura gaúcha, o churrasco, as atrações turísticas de Porto Alegre e da Serra. “Não sentimos nenhum choque cultural quando viemos, pois notamos muitas semelhanças, tanto do clima quanto em relação às pessoas do Brasil com a Austrália”, resumiu o diretor do programa Mick De Montignie. 

Em Bento Gonçalves, o canal SBS destacou a produção vinícola do RS reconhecida internacionalmente. “Percebemos que o vinho brasileiro tem melhorado muito nos últimos anos e queríamos vir conhecer onde é produzido um dos melhores vinhos do mundo”, explicou De Montignie. 

O futebol e toda a preparação do Estado para Copa 2014 também ganharam destaque no documentário. Apesar das dificuldades no idioma apontadas pela equipe australiana, “até mesmo em hotéis e restaurantes”, a equipe da SBS destacou que “uma das cidades brasileiras onde as pessoas mais falam inglês é Porto Alegre”. 

Fonte: http://www.copa2014.rs.gov.br

Read Full Post »

QPGUnciSw0kvcEJTGl19Após sete anos atuando como diretor de Mercados Internacionais do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Marcelo Pedroso foi convidado pela ministra da Cultura Marta Suplicy para assumir o cargo de secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura. O executivo será responsável pela realização da 3ª Conferência Nacional de Cultura (CNC).   “Tenho uma longa relação de convívio profissional com a ministra Marta, desde quando ela foi prefeita de São Paulo e eu atuei no Anhembi. Depois, na época em que ela foi ministra do Turismo e Jeanine Pires, presidente da Embratur, também tivemos contato”, afirma Pedroso. Atualmente, Jeanine é secretária-executiva do Ministério da Cultura.   “Marcelo Pedroso foi um excelente diretor na Embratur dedicando-se ativamente à promoção do Brasil e apoiando a comercialização de nossos produtos turísticos no exterior. Tenho certeza de que fará um grande trabalho no Ministério da Cultura”, afirmou Dino. “Vamos continuar a trabalhar juntos, já que o turismo cultural é uma prioridade para a Embratur”, destacou o presidente da Embratur, Flávio Dino.   Até o momento que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, nomeie novo diretor, a servidora Leila Holsbach, que está no quadro permanente da Embratur desde 1983, ficará respondendo pelo cargo. Nesses 30 anos de dedicação à promoção turística do Brasil no exterior, Leila, que é geógrafa, já atuou na Ordenação de Território e Novos Negócios e na Assessoria da Diretoria de Economia e Fomento; na Divisão de Análise de Mercado, da Diretoria de Estudos e Pesquisas, foi coordenadora do Estudo da Demanda Turística Internacional; e no Escritório Brasileiro de Turismo para América do Sul, atuando para a implantação dos Comitês Descubra Brasil nos principais mercados emissivos de turismo.

http://www.brasilturis.com.br/noticias.php?id=9098&noticia=marcelo-pedroso-assume-secretaria-no-ministerio-da

Read Full Post »

image_miniA Secretaria-Geral (SG) da Presidência da República, sua Secretaria Nacional de Juventude, e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial se reuniram, na tarde desta terça-feira (9/4), no Palácio do Planalto, com os secretários-executivos dos Ministérios que são parceiros do Plano Juventude Viva.

encontro teve por objetivo discutir sua expansão para outros seis estados este ano – além de Alagoas, onde está em andamento desde o final de setembro de 2012. A reunião foi coordenada pelo secretário-executivo da SG, Diogo de Sant´ana, pela Secretária nacional de Juventude, Severine Macedo, e pela secretária-executiva em exercício da Seppir, Luci Góes. Na abertura do encontro, todos destacaram o interesse de gestores estaduais e municipais em aderir ao Plano e  sua importância para a pauta dos direitos da juventude e da superação do racismo.

Segundo Diogo de Sant´ana, mais do que o apoio, o Plano precisa do entusiasmo dos gestores para que suas ações mudem, efetivamente, a realidade dos jovens nos territórios. É o que vem acontecendo, disse ele,  nos municípios de Maceió, Arapiraca, União dos Palmares e  Marechal Deodoro.  A expectativa é de que a expansão aconteça até dezembro de 2013, começando já no mês de maio. O secretário explicou que os critérios para escolha dos estados são os mesmos utilizados em Alagoas, ou seja, os altos índices de homicídios de jovens e o interesse do poder público local em realizar a parceria.

A secretária nacional de Juventude, Severine Macedo, destacou os resultados positivos da gestão compartilhada, mas lembrou que é preciso dar respostas pontuais aos novos territórios que receberão o Plano, utilizando as experiências vivenciadas nos municípios alagoanos. Luci Góes, da Seppir, destacou que o “Juventude Viva não é uma iniciativa da SG ou da Seppir, mas de todos os parceiros envolvidos”, ressaltando que a redução da mortalidade dos jovens, em especial os jovens negros, é uma pauta prioritária da sociedade civil e do governo federal.

A previsão é de que o Juventude Viva se estenda gradativamente, chegando ao Distrito Federal e aos estados de São Paulo, Espírito Santo, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Sul e Pará. Há, ainda, uma expectativa de que  a expansão alcance, até o fim do ano, o Rio de Janeiro.

Fonte:

http://www.juventude.gov.br/juventudeviva/noticias/10-04-2013-secretarios-executivos-discutem-expansao-do-plano-juventude-viva-em-2013/

Read Full Post »

A Feira Internacional de Cultura e Artesanato Mãos da Terra e a 5ª Mostra do Artesão Caxiense contam com trabalhos de 178 artesãos cadastrados no Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS). O evento, que reúne expositores de 14 países e de oito Estados brasileiros, acontece no Centro de Eventos da Festa da Uva, até o próximo domingo (14), em Caxias do Sul.

Segundo a coordenadora do Programa Gaúcho do Artesanato, Marlene Leal Garcia, os participantes da Feira ligados ao PGA passaram por triagem e 15 deles também são expositores da Casa do Artesão de Caxias do Sul. As Casas do Artesão funcionam em Porto Alegre e em algumas cidades do interior. Mesmo onde não existe Casa, o atendimento ao produtor artesanal é prestado pelas Agências FGTAS/Sine.

O Programa faz o cadastramento do artesão, fornecendo a Carteira do Artesão, que dará o reconhecimento como profissional autônomo, possibilitando-lhe contribuir para a Previdência Social e emitir notas fiscais de suas vendas, com a isenção do ICMS, obter declaração de rendimentos, participar de exposições, feiras e eventos no Brasil e no exterior.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: